Zezinho Peres fotografa as Fazendas do Basa e seu gado em Minas Gerais desde 2009. Em Leopoldina, Muriaé, Cataguases e recentemente em Uberaba.
Com empenho e arte, fez mais de 24 mil fotos do nosso Gir Leiteiro, da nossa equipe e da  natureza das fazendas. 
Esse álbum digital é uma síntese deste trabalho gigante.

É um reconhecimento ao talento do amigo Zezinho e também uma homenagem a todos os fotógrafos que atuam na divulgação e valorização do Gir Leiteiro do Brasil.
É um brinde simples à beleza da arte fotográfica - um alimento para a alma pelas lentes competentes de um grande artista da pecuária.

É também uma homenagem aos pioneiros da seleção do Gir Leiteiro que conseguiram lançar as bases genéticas da primeira raça pura zebuína especializada para leite do Mundo Tropical.

Sejam bem-vindos a esse passeio...

Evandro Guimarães

Para entrar em contato, esclarecer suas dúvidas ou enviar comentários, clique aqui 

No começo tudo era Gir, depois a seleção caminhou para o Gir Leiteiro.

Bezerras são recriadas em grupo, com muita liberdade.

O controle leiteiro oficial do Gir Leiteiro teve início em 1962.

Doadoras bem avaliadas.

Gir Leiteiro é sinônimo de sustentabilidade.

Filhas da Fábrica.

O Gir Leiteiro vai muito bem na ordenha mecânica.

Esse Tucano persegue o fotógrafo. .

Cada grupo de bezerras, encanta.

Gir Leiteiro tem conforto no clima tropical.

Gir Leiteiro é colorido, as pastagens mudam de cor.

A genética Gir Leiteiro é a mais cobiçada internacionalmente.

Integração entre produção e natureza.

Meio-Sangue Plus do Basa, um sonho de consumo.

Muito jovens, muito lindas.

O Girolando Superior.

São centenas de doadoras nesse concurso de beleza funcional.

Evandro Guimarães.

Tipo Leiteiro evidente.

Unidade produtiva.

Evandro Guimarães.

Leite produzido sem confinamento excessivo.

Ordenha mecânica, sempre com as crias ao pé.

Evandro Guimarães.

Gado de leite, na raça pura ou em cruzamentos.

Evandro Guimarães.

O futuro da pecuária leiteira tropical.

Evandro Guimarães.

Melhores Famílias, melhor Gir Leiteiro.

Sucesso mundial.

Evandro Guimarães.

Matriarcas, evolução na maturidade.

Evandro Guimarães.

Teste São Tomé, vale a pena ver para crer.

Evandro Guimarães.

Beleza e qualidade Basa.

Girolando excepcional depende de um Gir Leiteiro igual.

Evandro Guimarães.

Gustavo Scheibe - Fazendas do Basa.

Evandro Guimarães.

Doutor Simeão Feres, Médico Veterinário - Fazendas do Basa.

O gado de corte do Brasil Central era vermelho. Mas chegaram as balanças e o Gir não era bom ganhador de peso. O gado de corte ficou branco. O bezerro Nelore caminhava ao lado da mãe logo depois de nascer. A vaca branca tinha teta pequena e o bezerro mamava sozinho. Não precisava de ajuda. O leite era dosado, não dava diarréia. A vacas eram férteis e os machos bons ganhadores de peso. O Nelore tomou conta da produção de carne no clima tropical.

Depois a balança pagou a conta com o Gir. Em 1962 começou o controle leiteiro das raças indianas no Brasil. Todo mundo conhecia uma vaca Gir boa de leite. Os pioneiros começaram a pesar e anotar as pesagens de leite. Hugo Prata e outros grandes técnicos deram a receita do bolo. Pesar uma vez por mês e anotar. Ensinaram a calcular as lactações.

As famílias do leite foram encontradas. E multiplicadas. E o Gir Leiteiro se transformou na primeira raça pura do mundo tropical especializada em leite. E com uma capacidade espetacular. Surgiram os touros provados e a FIV. Ficou mais fácil ter um gado Gir Leiteiro extraordinário. E fazer as melhores F1 do mundo tropical. As meio sangue Gir Leiteiro top com sêmen de Holandês são as melhores vacas de leite que o mundo tropical já conheceu.

Na foto, o rebanho Gir inicial das Fazendas do BASA. Depois, o Evandro achou que precisava mais velocidade nos resultados e parou de fazer melhoramento clássico, geração a geração. Simplesmente comprou pronto o que melhor havia na genética do Gir Leiteiro. E multiplicou com FIV. Hoje, cada selecionador tem o seu rebanho. E o Evandrão, o melhor de todos os rebanhos.

Parabéns aos pioneiros. Parabéns às Fazendas do Basa! Esta foto tem tempo. Tirei quando estava começando a ser fotógrafo profissional. O amigo Simeão Feres me alertou - olha a vacada Gir na estrada!

Zezinho Peres

Deixe uma mensagem abaixo:

 

@ 2020