Zezinho Peres fotografa as Fazendas do Basa e seu gado em Minas Gerais desde 2009. Em Leopoldina, Muriaé, Cataguases e recentemente em Uberaba.

Com empenho e arte, fez mais de 24 mil fotos do nosso Gir Leiteiro, da nossa equipe e da  natureza das fazendas. 

Esse álbum digital é uma síntese deste trabalho gigante.

É um reconhecimento ao talento do amigo Zezinho e também uma homenagem a todos os fotógrafos que atuam na divulgação e valorização do Gir Leiteiro do Brasil.

É um brinde simples à beleza da arte fotográfica - um alimento para a alma pelas lentes competentes de um grande artista da pecuária.

É também uma homenagem aos pioneiros da seleção do Gir Leiteiro que conseguiram lançar as bases genéticas da primeira  raça pura zebuína especializada para leite do Mundo Tropical.

Sejam bem-vindos a esse passeio...

Evandro Guimarães

No começo tudo era Gir, depois a seleção caminhou para o Gir Leiteiro.

Bezerras são recriadas em grupo, com muita liberdade.

O controle leiteiro oficial do Gir Leiteiro teve início em 1962.

Doadoras bem avaliadas.

Gir Leiteiro é sinônimo de sustentabilidade.

Filhas da Fábrica.

O Gir Leiteiro vai muito bem na ordenha mecânica.

Esse Tucano persegue o fotógrafo .

Cada grupo de bezerras, encanta.

Gir Leiteiro tem conforto no clima tropical.

Gir Leiteiro é colorido, as pastagens mudam de cor.

A genética Gir Leiteiro é a mais cobiçada internacionalmente.

Integração entre produção e natureza.

Meio-Sangue Plus do Basa, um sonho de consumo.

Muito jovens, muito lindas.

O Girolando Superior.

São centenas de doadoras nesse concurso de beleza funcional.

Evandro Guimarães.

@ 2020